Sociedade | 17-12-2004 17:25

Menos 211 mortos nas estradas este ano

Menos 211 pessoas morreram este ano nas estradas portuguesas em relação a 2003, uma quebra de mais de 16 por cento que é "a maior de sempre", anunciou o ministro da Administração Interna."É a maior quebra de sempre ao nível de mortes nas estradas", congratulou-se o ministro Daniel Sanches, admitindo, contudo que "os resultados ainda não são ideais".Na cerimónia de entrega de novo material à Brigada de Trânsito da GNR, que decorreu em Lisboa, o governante anunciou que diminuiu também o número de feridos graves e ligeiros.De 01 de Janeiro a 12 de Dezembro deste ano houve menos 649 feridos graves (uma queda de 15 por cento) do que em igual período de 2003 e menos 3.732 feridos ligeiros, que representa uma quebra de oito por cento.Na cerimónia , Daniel Sanches entregou à GNR 76 novas viaturas, 30 radares digitais e 350 conjuntos de despistagem de drogas.Este material foi comprado com o orçamento da Direcção-Geral de Viação, que despendeu 2,16 milhões de euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo