Sociedade | 17-12-2004 11:23

Uma universidade para cães

É um programa de treino para cães que não dispensa a participação dos donos. A Universidade Canina de Almeirim, criada há poucos meses, quer tornar os cães mais educados. E os donos mais conscientes das suas responsabilidades. Trata-se de um programa de treino para cães. Para lhes criar hábitos, para os ensinar a obedecer e a fazer tarefas com prazer. Os donos vão junto e aprendem a lidar com os animais treinados por Vítor Francisco. Todos os domingos, às 10 da manhã, o gosto e o prazer de ter um animal “sociável”, leva meia dúzia de proprietários de canídeos ao espaço do Parque da Zona Norte da cidade.No espaço de terra batida o treinador de Alpiarça, que teve formação na Escola de Cães Guia (para cegos) de Mortágua, durante 3 anos, vai dando as ordens. O cão tem que caminhar ao lado da perna do dono. Se andar a correr à frente, puxando a trela, é ele que domina. É ele que passeia o dono e não o contrário. A altura ideal para começar o treino é quando o canídeo tem entre 4 e 6 meses de idade.Os cães não aprendem a ler ou a escrever, a passar velhinhas à estrada, mas ficam aptos para evitar alguns perigos, como o de serem envenenados. O treinador faz o teste. Agarra num osso e tenta dá-lo aos cães alinhados lado a lado e seguros pelos donos. Sid tem a lição bem estudada e recusa sequer cheirar. Nem a língua põe de fora. O parceiro do lado cai em tentação e recebe um puxão e um “não” autoritário.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo