Sociedade | 22-12-2004 01:37

Cine-Esplanada de Tomar foi abaixo

As máquinas da construtora Aquino e Rodrigues entraram na quinta-feira em acção e começaram a demolir o Cine-Esplanada de Tomar. Um sentimento misto, de nostalgia e revolta, tomou conta dos munícipes que por ali passavam. “O meu nome não interessa. A notícia aqui é isto”, dizia na sexta-feira um morador de Tomar, apontando para a máquina que continuava a revolver pedaços de cimento e tijolo, resquícios do Cine-Esplanada de Tomar que, durante anos, foi o espaço privilegiado dos cinéfilos do concelho.A demolição apanhou todos de surpresa, serviços camarários incluídos. O MIRANTE apurou que o serviço de animação cultural soube que o Cine-Esplanada começava a ser demolido naquele dia quando, na quinta-feira de manhã, um funcionário da construtora Aquino e Rodrigues solicitou àquele serviço as chaves do espaço para o demolirem.Avisado em cima da hora foi também um responsável do Grupo Desportivo da Nabância, cuja equipa de canoístas guardava ali as canoas. “Era preciso fazer isto assim, tão à pressa?”, questionava quem na sexta-feira assistia ao retirar do entulho.Reportagem mais detalhada na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo