Sociedade | 23-12-2004 12:53

Empresa nos EUA vende gato clonado

imprimir | guardar | adicionar ao portfolio | fechar O primeiro gato clonado por encomenda foi vendido nos Estados Unidos por 50.000 dólares (37.400 euros) a uma mulher do Texas desgostosa com a perda de um gato que teve durante 17 anos.O animal, a que foi dado o nome de Little Nicky, foi criado a partir de ADN de um gato que morreu no ano passado, o Nicky, e foi entregue com nove semanas de idade."É idêntico. Tem a mesma personalidade", disse hoje a dona, Julie, entrevistada pela agência Associated Press. Embora concordasse em ser fotografada com o gatinho, pediu para que o seu apelido e cidade de residência não fossem divulgados por temer ser alvo de protestos de grupos que se opõem à clonagem.A notícia da clonagem e venda do animal, ocorrida há duas semanas, relançou nos Estados Unidos um acalorado debate ético e científico sobre a tecnologia da clonagem, que no entanto avança rapidamente.A empresa criadora do "Little Nicky", a Genetic Savings and Clone, com sede em Sausalito (Califórnia), anunciou para Maio próximo a primeira clonagem mundial de um cão, entrando assim num mercado muito mais lucrativo que o dos gatos.Empresas com interesses comerciais estão já a clonar gado a 20.000 dólares (15.000 euros) por cabeça e os cientistas já clonaram ovelhas, ratos, coelhos, cabras, porcos e cavalos, entre outros animais.Enquanto isso, várias equipas de investigadores, em todo o mundo, estão a tentar criar o primeiro macaco clonado.à excepção da clonagem humana, só conseguida a nível da fase embrionária microscópica, nenhum projecto de clonagem suscitou tanta polémica como os planos comerciais da Genetic Savings and Clone.Para os activistas dos direitos dos animais, os novos sistemas de produção de felinos são desnecessários quando milhares de gatos são eliminados anualmente por falta de casas para os receber.Os críticos dizem ainda que se trata de uma tecnologia só para ricos, que a sua utilização na clonagem de animais de companhia é fútil e que os clientes têm falsas expectativas sobre o que compram."A verdade é que as pessoas não se apercebem de que o animal clonado não é idêntico ao original. Tanto a personalidade como as experiências de vida são diferentes", disse Bonnie Beaver, uma especialista em comportamento animal que preside à Associação Americana de Medicina Veterinária.Além disso, advertem os cientistas, os animais clonados têm mais problemas de saúde do que os originais.A Genetic Savings and Clone compra milhares de ovários em clínicas de esterilização de gatas, dos quais extrai os ovos que depois combina com o material genético proveniente do animal a clonar.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo