Sociedade | 29-12-2004 10:22

Plano de emergência para sismos pronto em 2005

A protecção civil de Santarém espera ter pronto um plano distrital de emergência específico para activar em caso de ocorrência de sismos dentro de seis meses.Nos últimos tempos a região tem sido alvo de estudos sobre o edificado das localidades, as vias de comunicação, telecomunicações, meios de socorro, entre outros. O Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC) dispõe de um simulador informático que permite traçar cenários de destruição consoante a intensidade do sismo. A área metropolitana de Lisboa dispõe já de um estudo científico específico para os sismos, com base nas variantes dadas pelo simulador. Nele se incluem os concelhos de Cartaxo, Salvaterra de Magos e Benavente. Aqueles onde se prevê que as consequências de um sismo sejam mais graves. Os concelhos vizinhos estão também a trabalhar em planos específicos de emergência e intervenção.A existência de sismos catastróficos nos últimos anos noutros países e o sismo recentemente sentido um pouco por todo o país fizeram despertar para a necessidade de Portugal se precaver. Sobretudo a zona do vale do Tejo, que, com base no registo dos vários sismos ocorridos antes e depois de 1909, se encontra num grau de risco entre o sete e o nove na escala de Mercalli, que vai até 12.Segundo o coordenador distrital do SNBPC, o plano de emergência distrital, que deve ficar concluído no primeiro semestre de 2005, está a decorrer em paralelo com vários planos municipais. Joaquim Chambel esclarece que as situações de sismos já estão previstas nos planos municipais de emergência. O que se está a fazer agora é um plano mais específico para este tipo de ocorrências. O plano distrital tem por objectivo traçar a coordenação e a cadeia de comando numa situação de terramoto. Define também a resposta que deve ser dada, de onde pode vir o apoio e qual o tipo de reforço com que podem contar. Trata-se, segundo diz, de um plano “com cenários agregados que traçam efeitos próximos da realidade”. Reportagem mais desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo