Sociedade | 22-03-2005 18:40

Abaixo-assinado contra insegurança na estação de Alhandra

Um grupo de moradores de Alhandra entregou à administração da Rede Ferroviária Nacional (Refer) e ao Instituto de Transportes Ferroviários, um abaixo-assinado com 1300 assinaturas onde reclama medidas imediatas que resolvam os problemas de falta de segurança na passagem de nível junto da estação ferroviária. Durante os meses de Dezembro e Janeiro, três pessoas morreram no local na sequência de atropelamentos por comboios rápidos.Quando a Refer recebeu o abaixo-assinado já tinha sido substituído o piso da plataforma e estava a ser colocado um labirinto metálico que funciona como barreira física para evitar que as pessoas atravessem a linha sem reparar na aproximação dos comboios.As medidas são insuficientes no entender dos alhandrenses que reclamam também sinalização sonora e visual que alerte para a aproximação de comboios. Uma medida que, segundo a Refer, não resolveria a situação. A empresa argumenta que o movimento na linha obrigaria a que os sinais estivessem frequentemente a tocar e esse facto facilitaria o desrespeito pela sinalização. A Refer anunciou que pretende colocar gradeamentos de protecção nos dois sentidos e garante que está a estudar a melhor solução de desnivelamento para o local.Os subscritores do abaixo-assinado advertiram a Refer de que um novo atropelamento ferroviário poderá levar ao bloqueio das linhas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo