Sociedade | 27-04-2006 17:19

A Internet ao serviço da fé

O site da diocese de Santarém ainda não permite assistir a uma missa em directo ou descarregar orações, mas da forma como a Igreja está a encarar o desafio da Internet um dia essa realidade pode ser possível.É no computador portátil pousado em cima da secretária de uma sala ao lado do altar da igreja de S. Nicolau, na cidade de Santarém, que o padre Aníbal Vieira actualiza o site da diocese. A página na Internet existe há três anos e já provou que é uma alternativa à captação de fiéis para a Igreja Católica, numa época em que as vocações estão em crise. O pároco digital www.diocese-santarem.pt e aparece uma página em tons de azul e verde onde se destaca uma mensagem sobre os 30 anos da Diocese de Santarém: “A Missa oferece um projecto de transcendência à vida humana chamada à comunhão com Deus e à fraternidade….”. ´À esquerda há uma fotografia do bispo de Santarém, D. Manuel Pelino Domingues. Clicando em cima dela aparece a mensagem de boas vindas, na qual se explica o objectivo do site. “Ser uma janela aberta para informar, partilhar, fazer propostas e receber sugestões sobre a vida e a missão da Diocese”. No final D. Manuel Pelino Domingues lança um desejo. “Que se torne um espaço de encontro, promova laços fraternos e seja, também, um lugar de anúncio da boa nova para quem a visitar”.Aníbal Vieira coloca de seguida uma pequena notícia: “Grande Festa do SSmo Milagre – 12h00 Domingo, 23 Abril 2006 - Eucaristia, presidida pelo Sr. Bispo - Às 16h00 procissão pelas ruas da cidade”. Faz uma pausa para contar que o problema às vezes é arranjar notícias das paróquias. “Os padres estão sensibilizados para as novas tecnologias, mas não conseguem ter tempo para tudo. Temos que encontrar colaboradores”, sublinha. O site foi desenhado pela Universidade do Algarve num projecto conjunto das dioceses de Santarém, Beja e Algarve. Como o padre Aníbal já dominava a informática e até já tinha feito uma página das paróquias da cidade, entretanto extinta, ficou responsável pela sua actualização. No mínimo uma vez por semana. Para o sacerdote a página da diocese na Internet é “o elo de comunicação da vida cristã. É um caminho para levar a mensagem da Igreja e para uma inter-relação com os fiéis”. O site já abriu portas para um contacto mais fácil de pessoas que pretendem falar com o bispo, ou para obter informações sobre paróquias, sobre o Santuário do Santíssimo Milagre, em Santarém, ou o Santuário de Fátima. “Já recebemos um e-mail de uma pessoa que estava na Alemanha e que pretendia falar com o senhor Bispo”, realça o pároco. Acrescentando não ter dúvidas que a Internet vai propiciar o aumento de fiéis. Enquanto vai conversando, o padre da paróquia de S. Nicolau percorre o site com os olhos para verificar se não há nenhuma notícia desactualizada. E vai comentando os benefícios da Internet que a igreja está a aproveitar. “O seu uso tem a vantagem de poder alargar horizontes de forma fácil num tempo de egoísmo”.O padre, que comprou o primeiro computador em 1989 e se considera um autodidacta na área da informática, sublinha que a Internet constitui um desafio para a Igreja Católica. Para além da página da diocese têm aparecido sites temporários relacionados com actividades católicas. Como a página da Festa da Família que se realiza de 29 de Abril a 1 de Maio no Entroncamento (www.festadafamilia.com). Há também um site sobre o coro jovem de S. Nicolau (www.corojovemsnicolau.com).Antes de fechar a página e desligar o computador, Aníbal Vieira olha para o canto inferior direito, onde está indicado o número de visitas. 169 este mês. 944 este ano e no total desde que o site foi criado em 2003 já acederam 4451 cibernautas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo