Sociedade | 18-05-2006 09:06

Diocese de Santarém faz obras sem bênção do IPPAR

A Diocese de Santarém está a organizar uma campanha para substituição de mais de 200 janelas exteriores do edifício do antigo seminário sem ter pedido autorização do Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR) para essa intervenção. O imóvel, cuja igreja é monumento nacional, encontra-se numa zona especial de protecção e qualquer obra necessita de parecer positivo do IPPAR. Como é o caso da substituição dos caixilhos das janelas, de madeira para alumínio. A câmara também não recebeu qualquer pedido de licença para mudança daquelas estruturas.Cerca de 15 janelas com caixilharia de alumínio branco e vidro duplo já foram colocadas nalguns pontos do edifício e é objectivo da Diocese substituir 227 janelas e janelões de madeira, em muitos casos já apodrecida.O pró-vigário da Diocese de Santarém, que coordena a campanha das janelas, considera que não deveria haver problemas com o IPPAR por não se tratar de intervenção na Sé Catedral. Mais desenvolvimentos na edição semanal.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo