Sociedade | 31-05-2006 09:12

Chamusca já cobra taxas de recolha de lixo

A Câmara da Chamusca já começou a cobrar taxas de recolha de resíduos sólidos urbanos, que não aplicava até agora. As taxas são indexadas ao consumo da água. Por cada metro cúbico consumido os munícipes pagam dez cêntimos para a recolha de lixo. A mesma quantia é aplicada às associações, instituições de solidariedade e juntas de freguesia. O comércio, indústria, serviços privados e públicos pagam o dobro.Numa nota assinada pelo presidente, Sérgio Carrinho (CDU), a câmara esclarece que o aterro sanitário instalado no concelho começou a funcionar em 1999. E desde essa altura tem sido a autarquia a suportar a totalidade dos custos com a recolha e deposição dos lixos. “O que não é possível manter”, diz o documento.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo