Sociedade | 07-10-2006 14:45

Quatro horas à deriva numa barragem

Um homem de 30 anos, residente em Vialonga, Vila Franca de Xira, andou quatro horas à deriva na Barragem do Pego do Altar, em Alcácer do Sal, depois da sua mota de água se ter avariado, ontem ao princípio da noite. Os colegas vieram à margem para levar uma corda que permitisse rebocar a mota de água, mas com o anoitecer e com a corrente o homem foi arrastado para um outro local da barragem”, referiu a GNR.Segundo testemunhas, o homem não sabia nadar mas estava equipado com um colete salva-vidas. Ficou na mota de água depois da avaria para não abandonar o aparelho e porque no outro veículo que o acompanhava já circulavam duas pessoas.“O alarme foi dado por volta das 21h00 e só conseguimos encontrar o homem por volta da meia-noite”, disse ao CM Valdemar Gonçalves, comandante dos Bombeiros de Alcácer.“No momento do resgate, o homem apresentava sinais de hipotermia, tendo sido transportado para o centro de saúde da cidade”, acrescentou. Já teve alta clínica.O responsável pela corporação salientou a necessidade de reforçar a vigilância no local, visto que é bastante procurado por praticantes de desportos náuticos e que já houve alguns incidentes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo