uma parceria com o Jornal Expresso
23/06/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Sociedade | 28-05-2008 11:03
Maior número de mortes na estrada é “vergonhoso” para Santarém
Em 2007 o distrito de Santarém foi o que registou maior número de vítimas mortais nas estradas nacionais, um total de 68 mortos, mais 17 que no ano anterior, embora os dois últimos meses do ano tenham revelado já uma inversão relativamente ao mesmo período de 2006. De acordo com os dados estatísticos das forças de segurança (PSP e GNR) registaram-se no mesmo período 248 feridos graves (225 em 2006) e 2.571 ligeiros (2.502 em 2006).Dados que o Governador Civil Santarém apelidou na segunda-feira como “vergonhosos”, afirmando ser necessário intervir de forma ainda mais clara para combater estes números. “Embora os números até 15 de Maio deste ano indiquem uma redução de oito mortos em comparação com 2007, o resultado não é satisfatório”, disse Paulo Fonseca.Afirmando que a responsabilidade da sinistralidade é de todos os cidadãos, enquanto elemento activo do tráfego rodoviário, o governador admitiu no entanto haver “um conjunto de problemas” que precisam de ser corrigidos nas estradas nacionais, elogiando no entanto o trabalho efectuado pela Direcção de Estradas de Santarém na resolução dos pontos negros das vias da região e o das forças de segurança na área da fiscalização.
Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1304
    22-06-2017
    Capa Vale do Tejo
    Edição nº 1304
    21-06-2017
    Capa Médio Tejo