Sociedade | 29-11-2008 14:13

Comandante dos Bombeiros do Cartaxo critica Autoridade de Protecção Civil

CLIQUE PARA VER REPORTAGEM VÍDEO: http://www.omirante.pt/omirantetv/entrevista.asp?idgrupo=2&IdEdicao=54&idSeccao=514&id=26543&Action=noticiaO comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo (BMC) deixou este sábado fortes críticas à Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANTC), durante a celebração do 72.º aniversário da corporação, pelo facto de esta entidade não apoiar a aquisição de um novo pronto socorro florestal. Mário Silvestre lembrou que desde Agosto que a viatura está avariada devido aos danos causados nos chassis durante o combate a um incêndio em Santarém. “A corporação é apenas apoiada pela Câmara do Cartaxo. Os pareceres técnicos de avaliação da viatura referem que mesmo reparada não estará em condições, o que afecta a nossa capacidade em 50 por cento. A ANPC deve assumir as suas responsabilidades”, salientou o comandante dos BMC. O vice-presidente da Câmara do Cartaxo, Francisco Casimiro, assumiu que esse é um problema que a autarquia vai colocar às autoridades competentes tendo em conta que uma nova viatura custará sempre entre 100 a 150 mil euros. Durante a celebração dos 72 anos da corporação do Cartaxo (mudada da quinta das Pratas para ao pavilhão de exposições devido à chuva), Mário Silvestre considerou bom o ano que passou em termos operacionais, com a reclassificação profissional de bombeiros e a admissão de 22 elementos que faz com que o corpo activo se cifre nos 46 elementos. Não faltaram as habituais homenagens e condecorações aos bombeiros por assiduidade, os louvores e a distinção do bombeiro do ano, ou o desfile de viaturas pela cidade, numa cerimónia onde faltou mais público e responsáveis do concelho. Houve ainda tempo para um olhar na exposição no Museu Rural e do Vinho do Cartaxo que guia o visitante sobre o que foram os bombeiros e as suas máquinas e apetrechos ao longo de 72 anos de vida, que estará patente até 8 de Dezembro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1321
    18-10-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1321
    18-10-2017
    Capa Médio Tejo