Sociedade | 24-02-2009 18:57

Homicídio de Vialonga foi presenciado por três crianças

O crime passional que provocou ontem duas mortes e um ferido grave em Vialonga, Vila Franca de Xira foi presenciado pelos três filhos menores das vítimas que assistiram a tudo. As crianças de dois, oito e onze anos andaram mais de um quilómetro para pedir ajuda a uma família com quem O MIRANTE falou esta tarde.Os menores estavam em choque, mas o mais velho acompanhou toda a operação de socorro e ajudou a polícia na investigação.Segundo O MIRANTE apurou, Isaac Correia, um guarda-prisional com 44 anos atingiu mortalmente o ex- marido da companheira, Luís Melo de 33 anos e feriu a mulher, Tânia Gomes de 29 anos depois de disparar vários tiros. De seguida suicidou-se com um tiro na cabeça.A mulher está em estado grave no Hospital de São José, em Lisboa onde deu entrada com uma diagnóstico "muito reservado" correndo risco de vida.A tragédia aconteceu no bairro Casais de Santa Cruz, nos arredores de Vialonga, cerca das 21h15 de ontem. O socorro foi efectuado pelos bombeiros de Vialonga que encontraram um cenário de pânico e choque.Segundo apurámos, junto de fonte envolvida na investigação, o homicida não gostou de ver o ex- marido da mulher na casa onde viviam actualmente e terá havido uma discussão entre os dois homens que culminou da pior maneira.A PJ está a investigar o caso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo