Sociedade | 09-01-2010 08:33

Casais da Marmeleira queixa-se do serviço da EDP

A população dos Casais da Marmeleira, freguesia de Alenquer, queixa-se do fornecimento de energia eléctrica por parte da EDP. As constantes faltas de luz e a falta de potência da corrente são as principais preocupações dos moradores, que apontam os prejuízos causados por esta situação.Jorge António Verdilheiro, de 43 anos, diz que a luz chega à povoação “a pisca-pisca”. “Pagamos a factura a 220 volts mas a maior parte do dia só temos a energia a 160 volts”, diz revoltado.Segundo os moradores, esta situação arrasta-se há cerca de dois anos e apesar dos contactos com a EDP a expor a situação, nada foi feito até agora. António Vicente Ferreira vive há trinta anos na Rua Quinta do Carvalho e diz que já ficou com electrodomésticos avariados devido às inúmeras falhas de corrente. “Quem é que paga este prejuízo? Nós temos de cumprir e pagar a factura no final do mês, mas a EDP não está a cumprir o contrato connosco”, reclama. Contactados por O MIRANTE, os responsáveis da EDP comprometeram-se a averiguar o problema das quebras de tensão nos Casais da Marmeleira, “recolhendo dados na localidade, por forma a, caso se confirmem situações de tensão anómala, promover as medidas de reajuste de cargas e redimensionamento da rede que venham a revelar-se necessárias”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo