Sociedade | 17-01-2010 09:09

Cortaram o pinheiro centenário à entrada da Mata das Virtudes

O pinheiro centenário com cerca de 20 metros de altura que se encontrava à entrada da Mata das Virtudes, na freguesia de Aveiras de Baixo, concelho de Azambuja, foi cortado por elementos da Protecção Civil de Azambuja.O comandante operacional municipal, Pedro Cardoso, que é também o comandante dos Bombeiros Voluntários de Azambuja, explicou a O MIRANTE que a árvore foi retirada por indicação da Direcção Regional das Florestas, em Santarém.“Íamos deslocar-nos ao local para cortar algumas trancas e recebemos a indicação para cortar o pinheiro”, revela Pedro Cardoso que considera que dada a idade da árvore poderia colocar representar perigo para pessoas e veículos. Pedro Cardoso reconhece que o corte dos ramos poderia “descompensar a árvore” e torná-la mais susceptível de tombar em caso de se registar vento forte.O pinheiro, que foi cortado na quinta-feira, 14 de Janeiro, estava localizado frente à povoação de Casais da Lagoa, à beira da Estrada Nacional 3, junto ao desvio para a aldeia das Virtudes. Para a população era considerado um verdadeiro ex-libris. “Eram preciso dois homens para o abraçar”, recorda José Brás, habitante dos Casais da Lagoa, que lembra que o espaço era tradicionalmente local de romaria na altura da quinta-feira da espiga e muitos aproveitavam a sua sombra. “Há 30 ou 40 anos as pessoas levavam as merendas e lá iam comer o coelho com ervilhas”, lembra. Notícia mais desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo