Sociedade | 07-12-2010 15:35

Julgamento de funcionária de creche acusada de maus-tratos foi adiado

O Tribunal de Abrantes adiou hoje o julgamento de uma funcionária da creche da Misericórdia local acusada de dois crimes de maus-tratos a crianças, puníveis com pena de prisão entre um a cinco anos. Os factos que o Ministério Publico entende que fundamentam o despacho de acusação, após denúncia de colegas de trabalho à Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco, remontam aos anos de 2007 e 2008 devido a maus-tratos alegadamente infligidos a duas crianças pela acusada, de 51 anos.O Tribunal de Abrantes adiou o início do julgamento para o dia 11 de Janeiro de 2011.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo