Sociedade | 09-12-2010 08:03

Presidente da câmara estima prejuízos em 2,5 milhões de euros

O presidente da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere estimou em 2,5 milhões de euros os prejuízos causados pelo tornado que atingiu o concelho na terça-feira.“É uma estimativa que será muito realista”, disse à Agência Lusa Jacinto Lopes, que enviou ao final do dia os dados para o Governo Civil de Santarém, que na quinta-feira serão presentes à habitual reunião do Conselho de Ministros.Jacinto Lopes adiantou que cerca de 180 casas foram danificadas pela intempérie, mas nenhuma ficou “totalmente destruída”. O autarca esclareceu que das famílias desalojadas apenas a uma foi dada transitoriamente uma habitação, um apartamento do município, referindo que outras terão conseguido resolver a situação através de familiares e amigos.Segundo o presidente do município, oito estruturas municipais, como as piscinas ou o cine teatro, ficaram também danificadas, a que acrescem nove armazéns agro-pecuários, havendo ainda sete empresas que também sofreram prejuízos.Jacinto Lopes adiantou que estão ainda contabilizadas cerca de 120 viaturas que foram atingidas pelo tornado. O presidente da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere acrescentou que na quinta-feira o trabalho da autarquia “vai continuar a ser o apoio às pessoas na recuperação das casas”, assim como do “património municipal”.O levantamento efectuado resulta de um pedido do ministro da Administração Interna, Rui Pereira que, acompanhado pelo secretário de Estado da Protecção Civil, se inteirou hoje dos danos causados pelo tornado nos concelhos de Ferreira de Zêzere, Tomar e Sertã.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo