Sociedade | 10-12-2010 07:45

Moradores de Aveiras de Cima exigem a limpeza do ribeiro de Fonte Santa e do Barrabel

Moradores do Bairro da Fonte Santa e do Barrabel, em Aveiras de Cima, concelho de Azambuja, levaram à sessão da Câmara Municipal de Azambuja, na passada terça-feira, 7 de Dezembro, um abaixo-assinado a exigir a limpeza e desassoreamento das linhas de água do ribeiro do Barrabel e da Fonte Santa que passam perto das suas casas e, em dias de maior pluviosidade, provocam inundações. Existem quatro linhas de água que se juntam no Bairro da Fonte Santa e passam debaixo de uma ponte para o Bairro do Barrabel. O problema é que nesta ponte estão também tubos de esgoto que barram a passagem da água. Há mais de 20 anos que a situação se arrasta e, segundo os moradores, a autarquia também não tem limpado as linhas de água nos últimos anos. “Os nossos terrenos são constantemente alagados e a água chega às casas. Os nossos animais domésticos e de criação também morrem por afogamento”, conta Carlos Brito, morador no Bairro da Fonte Santa. “Temos conhecimento da situação e sabemos que é um problema estrutural que tem de ser resolvido, não chega a limpeza das linhas de água”, reconheceu o presidente da Câmara Municipal de Azambuja, Joaquim Ramos. Recorde-se que na sessão de câmara de 23 de Dezembro foi aprovado a construção de um parque urbano em Aveiras de Cima, na zona da Milhariça, no valor de 600 mil euros. O presidente da autarquia disse que iria incluir nesse projecto a intervenção na ribeira que passa do Bairro da Fonte Santa para o Bairro do Barrabel. O abaixo-assinado contava já com 30 assinaturas. Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo