Sociedade | 14-05-2012 14:09

Câmara de Tomar multa empreiteiro por atrasos na obra

O executivo municipal de Tomar, reunido a 10 de Maio, não aceitou os motivos invocados pela empresa que está a tratar da substituição da cobertura do Palácio Alvim, antigo edifício da PSP, e que pretendia mais trinta dias para concluir a obra, pelo que a mesma vais ser penalizada financeiramente por isso. De acordo com o vereador José Perfeito, a empresa explicou que não conseguiu acabar a obra por causa da chuva e que essa era o motivo pelo qual a grua continuava na rua, impedindo a passagem de trânsito, devendo ali manter-se atésexta-feira, 18. Sobre este assunto, o vereador socialista, JoséVitorino, alertou para o facto da informação chegar ao executivo semuma deliberação prévia do director de Departamento de Obras. “Tem quehaver responsabilização. Dá-me a ideia de que o director de obrasserve apenas de mensageiro neste processo”, criticou.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo