Sociedade | 14-05-2012 07:29

Roubaram um atrelado equestre na Golegã

Um atrelado que serve para transportar palha e estrume, pertencente à Coudelaria Rita Cotrim, foi roubado na madrugada de quinta-feira, 10 de Maio, na Quinta Casal das Freiras, na Estrada Nacional 243, onde estava aparcado há apenas dois dias. Miguel Cotrim, proprietário do reboque Tonyauto avaliado em 1500 euros, refere que achou estranho o portão da quinta estar aberto, uma vez que a mesma não é habitada. “Rebentaram a vedação, entraram e depois cortaram o cadeado para levarem o atrelado”, explicou. Apesar de existir alguma maquinaria agrícola em redor, nada mais foi levado da quinta, que está num local isolado. O proprietário, sem seguro que cubra roubos, quer recuperar o reboque, que tem a particularidade de ter quatro estruturas metálicas e uma lona. Miguel Cotrim lança o alerta a potenciais compradores para que verifiquem, através do chassis, a quem pertence o veículo antes de comprarem um reboque usado. No mesmo dia do desaparecimento, fez queixa na GNR da Golegã, que procede agora a investigações.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo