Sociedade | 17-05-2012 16:29

Estudantes com menos vícios por falta de dinheiro

A crise económica que afecta as famílias está a ter efeito nos vícios dos alunos das escolas do concelho de Vila Franca de Xira. Os pais estão a cortar nos valores das mesadas e os estudantes estão a consumir menos álcool e o tabaco. Alguns já cortaram completamente com os gastos em álcool e tabaco. Quem o diz são as principais associações de jovens da região, que se reuniram na última semana na Secundária Alves Redol em Vila Franca de Xira para debater o tema, num ciclo de conversas organizado pela câmara municipal. Os consumos estão a diminuir mais à custa da crise do que das campanhas de prevenção que se realizam com frequência, admitem os responsáveis e os alunos.Manuel tem 17 anos, é aluno na secundária Alves Redol e no último mês viu o dinheiro da mesada que os pais lhe dão passar dos 50 para os 20 euros por mês. “Mal chega para comer quanto mais para as noitadas. Tenho cortado nos gastos e apenas tenho bebido uma imperial por cada noite em que saio. Noutras noites divide-se uma garrafa de vinho entre três ou quatro amigos e dá para a noite toda”, admite a O MIRANTE. Sabe que não deve beber, mas diz que num grupo onde todos bebem não é socialmente aceite ter sumo no copo.NOTÍCIA COMPLETA NA EDIÇÃO SEMANAL EM PAPEL DESTA QUINTA-FEIRA

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo