Sociedade | 22-10-2013 06:00

Obras de saneamento em Samora Correia condicionam trânsito e abastecimento de água

A construção de 23 quilómetros de rede de esgotos e de sete estações elevatórias no concelho de Benavente vai provocar cortes no trânsito e no abastecimento de água em Samora Correia durante os próximos 150 dias, período previsto para a duração dos trabalhos. A intervenção da empresa intermunicipal Águas do Ribatejo, executada pela construtora Protecnil com sede em Porto Alto, tem um custo previsto de 1,6 milhões de euros. Os trabalhos iniciaram-se em cinco frentes da cidade de Samora Correia e podem ocorrer constrangimentos em seis locais: largo 25 de Abril (largo do Calvário); bairro Padre Tobias (entre a av. O Século e a rua da Liberdade); rua Popular (entre o largo do Calvário e a av. O Século); bairro 1.º de Maio (entre a ETAR da quinta dos Gatos e a EN 10-Ponte do Porto Alto); estrada das Vagonetas (entre a EN 118 e a Zona Industrial da Murteira); rua Pinhal da Misericórdia (entre a estrada das Sesmarias Limpas e a estrada dos Operários Agrícolas).A empreitada inclui a ampliação da rede de saneamento e a remodelação das redes mais antigas. A construção de novas redes exclusivamente para águas residuais vai permitir aproveitar as redes existentes para as águas pluviais. Acaba-se assim com a mistura das águas da chuva com a dos esgotos domésticos nas mesmas condutas o que provoca sobrecargas nas estações de tratamento. Mais informações sobre empreitada estão disponíveis na empresa Águas do Ribatejo, através do telefone 263 509 400 e do email geral@aguasdoribatejo.com.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo