Sociedade | 02-11-2013 15:16

União de freguesias de Santarém com sede em Marvila

A União de Freguesias da cidade de Santarém (que agregou as juntas de freguesia de Marvila, Ribeira de Santarém, São Nicolau e São Salvador) vai ter sede nas instalações da extinta Junta de Freguesia de Marvila, conforme decisão unânime tomada recentemente pela assembleia da União de Freguesias, mas vai manter os serviços abertos das antigas juntas de freguesia de São Nicolau e da Ribeira de Santarém.Para além disso, a União de Freguesias de Santarém vai criar uma delegação na zona do Jardim de Baixo, a instalar na antiga escola primária de Nossa Senhora da Saúde, onde serão disponibilizados serviços de correios e cobrança de água e de electricidade, entre outros. Só os serviços da extinta Junta de Freguesia de São Salvador, que funcionavam provisoriamente no antigo edifício do Banco de Portugal junto à Torre das Cabaças, é que deixarão de existir.A assembleia da União de Freguesias já aprovou também o orçamento da autarquia para 2014, no valor de 703 mil euros, com 18 votos a favor e um contra. Já foram igualmente fixados os valores a cobrar pelos serviços prestados, como emissão de licenças e de atestados, tendo sido adoptados os valores mais baixos que eram praticados entre as quatro juntas de freguesia que deram origem à nova autarquia.A nova lei das autarquias prevê a transferência de competências das câmaras para as freguesias, designadamente a conservação de jardins e espaços verdes, mas o presidente da União de Freguesias, Carlos Marçal, diz que não faz sentido estar a mexer nessas atribuições, actualmente a cargo do município. “A Câmara de Santarém tem a estrutura já montada e não faz sentido esvaziar o município desses serviços”, diz o autarca.A União das Freguesias da cidade de Santarém envolve 25 mil eleitores inscritos e uma população a rondar os 30 mil habitantes, sensivelmente metade da população do concelho de Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo