Sociedade | 03-11-2013 00:38

Câmara de Santarém declara guerra aos pombos

A Câmara Municipal de Santarém vai declarar guerra aos pombos que infestam sobretudo a zona antiga da cidade, preparando-se para contratar uma empresa que, entre outras medidas, vai controlar a população de aves através da captura e abate. "Estamos a tratar do procedimento para controlar esta praga, porque a população de pombos tem crescido de forma exponencial", justifica o presidente da autarquia, Ricardo Gonçalves (PSD), recordando que o município já tentou outras soluções sem êxito, como a distribuição de milho anticoncepcional e a colocação de obstáculos dissuasores para proteger monumentos e imóveis públicos, como o dos paços do concelho.A proliferação da espécie deve-se ao seu elevado nível de reprodução, à forte adaptação ao meio e à ausência de predadores naturais em meio urbano, provocando danos em edifícios e potenciando riscos como a propagação de doenças transmissíveis à espécie humana e a espécies de animais domésticos. Há ainda o risco da conspurcação de águas e alimentos, por via dos dejectos.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo