Sociedade | 11-11-2013 00:22

Novo parque logístico que vai nascer na Castanheira do Ribatejo só é bem-vindo se criar emprego

A nova plataforma logística onde o grupo Jerónimo Martins, dono da cadeia de supermercados Pingo Doce, se planeia instalar já em 2014 na Castanheira do Ribatejo só é bem-vinda se recrutar trabalhadores da freguesia e do concelho de Vila Franca de Xira. O pedido é deixado por Luís Almeida, presidente da junta de freguesia da União de Castanheira e Cachoeiras, que enaltece o investimento, diz que é uma “mais valia” para a região mas que precisa de empregar trabalhadores da terra.“Se for para ocupar todos aqueles hectares e não empregar pessoas da Castanheira não vale a pena. É muito importante que não seja um investimento que deslocalize trabalhadores de outros locais, mas sim um investimento que venha contratar na Castanheira e no concelho de Vila Franca de Xira, porque há muita gente inscrita no centro de emprego”, refere a O MIRANTE. O autarca diz que o desemprego na vila é “preocupante” e está alarmado por muitas empresas estarem a fechar portas na localidade. “Temos de agarrar todos estes investimentos mas também fazer um apelo à empregabilidade”, refere. * Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...