Sociedade | 14-11-2013 13:37

Câmara de Ourém mantém taxa de IMI com apoio do vereador independente

A maioria socialista no executivo municipal de Ourém aprovou em reunião de câmara, com o apoio do vereador independente, Vítor Frazão, a manutenção da taxa de 0,375 por cento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios urbanos avaliados nos termos do CIMI. Foi ainda deliberado isentar da taxa de Derrama as empresas com volume de negócios inferior a 150 mil euros. O objectivo é incentivar e apoiar a manutenção e instalação de pequenas e médias empresas no concelho.Às empresas com um volume de negócios superior será mantida a taxa geral de 1,4 por cento sobre o lucro tributável. Foi aprovada também a redução em 30 por cento das taxas urbanísticas para o ano de 2014 para prédios urbanos degradados ou devolutos que sejam reabilitados. No entanto, estas medidas só foram aprovadas depois de alguma discussão. O vereador independente, que assinou um acordo de governabilidade com o PS, apresentou propostas mais benéficas para os oureenses mas voltou atrás, retirando as suas propostas iniciais (IMI a 0,365%; Derrama - taxa geral 1,35% e isenção total da taxa reduzida) e aprovou as propostas da maioria na câmara.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo