Sociedade | 26-11-2013 00:06

Estacionamento pago na zona antiga da Póvoa de Santa Iria divide moradores e comerciantes

Quando acabarem as obras do projecto de regeneração urbana do Eco-Bairros o estacionamento na zona antiga da Póvoa de Santa Iria vai ser a pagar. Está já confirmada a instalação de parquímetros na Rua da República e artérias paralelas e perpendiculares. A situação está a dividir moradores e comerciantes e a câmara até já pediu à junta de freguesia para sensibilizar os moradores das ruas abrangidas que se queixam de não lhes ser atribuídas isenções.A Câmara de Vila Franca de Xira justifica a medida com as dificuldades de estacionamento actuais e a necessidade de "de promover a rotatividade do estacionamento" de modo a beneficiar o comércio. Mesmo com estas explicações há quem não concorde, como é o caso do morador Bento Monteiro. "A minha mulher é doente, dá-me jeito ter o carro perto da porta do meu prédio para a levar ao hospital ou ao médico. Se os parquímetros avançarem como vou fazer? Tirar o carro daqui e deixá-lo do outro lado da linha de comboio? Não faz sentido, quem vive aqui devia estar isento", defende. Lizete Dias Nunes, que vive na Rua da República, considera que esta é uma zona onde há mais habitação de pessoas idosas do que comércio. * Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo