Sociedade | 02-12-2013 15:47

Município dá luz verde para relocalização de fábrica de cal na freguesia de Fátima

A Câmara de Ourém deliberou por unanimidade "emitir parecer favorável condicionado nos termos e condições apontadas nas informações técnicas" ao Estudo de Impacte Ambiental para a instalação de uma fábrica de cal no lugar de Maxieira, na freguesia de Fátima.A instalação da Microlime - Produtos de Cal e Derivados, SA, estava prevista para o lugar de Moimento, também perto de Fátima, o que levou à contestação da população e da Quercus, porque, segundo a associação ambientalista, ficaria em terrenos da Reserva Ecológica Nacional, junto ao Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC).Em comunicado, a Câmara de Ourém esclarece que o parecer favorável é para a instalação da empresa na Maxieira, a "cerca de seis quilómetros do local inicial", verificando-se "um maior afastamento da mesma do núcleo urbano de Fátima". O município alerta, no entanto, para a "necessidade de serem cumpridos os parâmetros declarados no anterior licenciamento ambiental antes emitido". A autarquia aprovou também por unanimidade a ampliação da pedreira "Serrado das Oliveirinhas".* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo