Sociedade | 29-06-2015 14:00

Casal detido por furto de 36 mil euros em ourivesarias

Um casal ficou em prisão preventiva após ter sido detido por ser suspeito de ser o autor de uma onda de assaltos a várias ourivesarias, algumas delas localizadas em Vila Franca de Xira. Os produtos roubados tinham um valor de 36.250 euros. O homem, de 53 anos, e a mulher, de 49, estavam a ser investigados já há várias semanas pela Divisão de Investigação Criminal da PSP, que procedeu à detenção, em Cascais.Tanto o homem como a mulher estavam já referenciados pelo mesmo tipo de crimes e chamaram à atenção por demorarem tempo a seleccionar os objectos que mais lhes interessavam, todos com carácter facilmente vendável no mercado.Os eram feitos utilizando sempre o mesmo método. A mulher deslocava-se a ourivesarias de luxo, que previamente seleccionava, mostrando-se interessada em comprar peças em ouro. Solicitava que lhe fossem mostrados diversos artigos de ourivesaria e, ao mesmo tempo que lhe eram mostrados, furtava, abandonando de seguida os locais, sem que os comerciantes se apercebessem do ocorrido.O homem mantinha-se nas proximidades, em alerta para o caso de detectar qualquer aproximação da Policia ou resgatar a sua companheira de qualquer retenção por parte dos comerciantes. A prisão ocorreu através de um mandato de detenção e, dado que ambos já tinham antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, tendo a mulher pendente um mandado de detenção para cumprimento de pena efectiva, foram presentes ao Tribunal da Comarca de Lisboa, sendo-lhes decretada pelo Juiz de Instrução Criminal a medida de coação mais gravosa, a de prisão preventiva.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo