Sociedade | 29-06-2015 00:36

"Centro Escolar do Sacapeito hoje não se justificaria"

A vereadora da Educação da Câmara de Santarém, Inês Barroso (PSD), admitiu na reunião extraordinária do executivo onde se discutiu a revisão da carta educativa municipal que, perante a actual população escolar do concelho, a construção do Centro Escolar do Sacapeito não se justificaria.Inês Barroso ressalvou, contudo, que a decisão sobre a construção desse equipamento foi tomada há alguns anos, quando a realidade demográfica era outra e a população escolar em muito maior número. “Na altura havia cerca de 10 turmas a mais nas escolas da cidade. Havia uma sobrelotação e o executivo da altura teve em conta essa realidade para avançar com esse centro escolar em detrimento do centro escolar de Santarém Norte. Hoje, eventualmente, poderíamos fazer uma leitura diferente”, disse.A construção do Centro Escolar do Sacapeito - edificado junto à praça de toiros da cidade e que vai ser inaugurado no próximo ano lectivo - foi adjudicada em Maio de 2011 por 2.557.990 euros mais IVA. O prazo de execução da obra, que contou com comparticipação de 80 por cento de fundos europeus, era de nove meses, mas acabou por se atrasar quase três anos devido a diversos imponderáveis.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo