Sociedade | 13-11-2015 16:26

Fizeram-lhe uma capela no terreno e não o pagaram

Fizeram-lhe uma capela no terreno e não o pagaram
Em Casais da Amendoeira há uma capela a precisar de um milagre que a tire de uma embrulhada que se arrasta há pelo menos uma década. O templo está metade num terreno cedido para o domínio público e outra metade num lote privado, que foi ocupado sem ter sido adquirido pelo município. A Câmara do Cartaxo já investiu perto de 200 mil euros na construção do edifício que para alguns populares tem uma imponência exagerada para uma terra tão pequena, onde o saneamento básico ainda está para chegar e a escola está em risco de fechar por ter poucos alunos. Para compensar o atraso na conclusão da capela chegaram a realizar-se missas no centro cultural e recreativo, que acabaram pouco tempo depois por falta de fiéis.O proprietário do lote onde está parte da construção, Jaime Malta Vacas, ficou impedido de vender o lote para urbanizar, devido à ocupação que foi feita do terreno. Como se não bastasse o facto de a autarquia não ter feito contrato para aquisição do espaço nem lhe ter pago o valor do terreno, o proprietário teve de pagar todos os anos o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Para desbloquear a situação Jaime Malta Vacas apenas pede que a situação seja legalizada, que a autarquia lhe pague o valor pelo qual foi avaliado o lote pela Finanças, cerca de 20 mil euros, mais os valores do IMI que liquidou até agora.A ideia de construir o templo, que inclui casa mortuária e salão para actividades religiosas, como catequese, surgiu porque Casais da Amendoeira “era o único lugar da freguesia que não tinha um espaço religioso”, refere José Francisco Fernandes, membro da comissão da capela. Para o habitante e fundador da colectividade da terra, a construção de um espaço de culto é uma ambição da população há 40 anos. José Francisco Fernandes justifica que havia uma necessidade de construir a capela para que “não viessem dizer que não fazemos nada pela população em termos de educação religiosa”.NOTÍCIA DESENVOLVIDA NA EDIÇÃO SEMANAL EM PAPEL

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo