Sociedade | 18-04-2016 14:14

Câmara de Tomar procura financiamento europeu para recriação do “Cerco ao Castelo”

A Câmara de Tomar está a tentar candidatar a iniciativa “Cerco ao Castelo” a fundos comunitários. A presidente do município, Anabela Freitas (PS), explicou que este foi um dos motivos para juntarem o evento do “Cerco ao Castelo”, que em anos anteriores se realizou sempre durante o mês de Maio, à Festa Templária, que decorre em Julho. “Existem apoios para estas iniciativas e vamos tentar ter acesso a esses apoios para podermos realizar uma Festa Templária com qualidade dando o maior apoio possível aos participantes”, referiu Anabela Freitas em sessão camarária.A presidente informou também o restante executivo municipal que o evento, que decorrerá na segunda semana de Julho, vai ter um maior rigor histórico. Este ano não vai ser permitida a venda de pipocas ou balões, nem qualquer actividade que não existisse no tempo da recriação histórica. “Queremos ser o mais realistas possível e na era medieval não existiam balões nem pipocas”, explicou.Este ano a Festa Templária realiza-se entre os dias 7 e 10 de Julho e vai ter uma evocação do cerco de 1190, promovido pelas tropas do rei de Marrocos, Almansor, que efectuaram um forte contra-ataque, fazendo recuar os portugueses desde o Algarve até ao rio Tejo. * Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo