Sociedade | 10-11-2016 11:39

Distrito de Santarém esquecido nos prejuízos dos incêndios

Distrito de Santarém esquecido nos prejuízos dos incêndios
CRÍTICAS

De fora ficam concelhos afectados pelos fogos como Salvaterra de Magos, Sardoal e Abrantes que tiveram cerca de 3500 hectares de área ardida.

O Governo esqueceu o distrito de Santarém na legislação que concede apoios para a reposição do capital produtivo destruído pelos incêndios de Julho a Setembro deste ano. De fora ficam concelhos afectados pelos fogos, como Salvaterra de Magos, Sardoal e Abrantes, que tiveram cerca de 3500 hectares de área ardida.

O deputado do PSD eleito pelo distrito, Duarte Marques, já questionou esta quarta-feira, 9 de Novembro, o ministro da Agricultura, na audição sobre o Orçamento de Estado, tendo o governante, segundo o deputado, ficado sem resposta e surpreendido com a questão.

Desta forma, a menos que a situação seja rectificada, os proprietários dos concelhos de Salvaterra de Magos, Sardoal e Abrantes não podem candidatar-se a projectos de recuperação dos prejuízos à Rúbrica "6.2.2 - restabelecimento do capital produtivo".

Duarte Marques considera que “este esquecimento é lamentável, revela uma insensibilidade total do Governo para com estes dois concelhos e para com as suas populações”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo