Sociedade | 10-11-2016 00:02

Violência doméstica no gabinete da presidência da Câmara de Tomar

Violência doméstica no gabinete da presidência da Câmara de Tomar
QUEIXA

Presidente do município, Anabela Freitas, apresentou queixa contra o seu ex-companheiro e ex-chefe de gabinete, Luís Ferreira.

A presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, apresentou queixa por violência doméstica contra Luís Ferreira com quem viveu maritalmente durante os últimos 11 anos. A queixa deu entrada na PSP de Tomar há cerca de quatro meses e segundo soubemos junto de fontes próximas da presidente a queixa não envolve agressão física.

Anabela Freitas está em guerra com o seu ex-companheiro quase desde que ele assumiu o cargo de chefe de gabinete. A fonte próxima da presidente da câmara que passou a informação a O MIRANTE fez questão de deixar claro que "está na altura de desmascarar o auto intitulado melhor dirigente para dirigir os destinos da autarquia já que nos últimos anos fez a vida negra à sua ex-companheira nos serviços da câmara, e não só, onde as discussões dentro do gabinete da presidente eram escutadas nos gabinetes vizinhos, pelos colaboradores mais próximos, com muita preocupação".

Uma fonte da vereação com quem O MIRANTE tentou falar sobre o assunto apenas confirmou que nos últimos tempos e em algumas situações Anabela Freitas pediu a solidariedade dos vereadores para se escapar à conversa com Luís Ferreira e fugir do contacto com ele.

O MIRANTE sabe que já depois da queixa apresentada por Anabela Freitas, Luís Ferreira terá apresentado também uma queixa na PSP contra a sua ex-companheira.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo