Sociedade | 13-11-2016 00:32

Estrada perigosa no bairro de Santa Cruz em Benavente

Moradores reclamam medidas para combater a insegurança que se vive nesse troço da EN 118.

Os moradores do Bairro de Santa Cruz, em Benavente, reclamam medidas que acabem com a circulação de trânsito rodoviário em excesso de velocidade no troço da Estrada Nacional 118 junto às suas casas. Algumas pessoas com quem falámos dizem que nessa zona já houve mortes por atropelamento e que os acidentes são frequentes. A passagem para peões ali existente é muitas vezes ignorada pelos automobilistas, que não param para os peões passar.

Nessa zona existem dois sinais luminosos mas não estão junto à passadeira, que é muito concorrida por nas proximidades haver um centro comercial. Os moradores exigem que a passadeira esteja melhor sinalizada e que os condutores sejam obrigados a reduzir a velocidade.

Adelaide Ribeiro, de 83 anos, sabe do que fala quando se queixa à nossa reportagem: foi atropelada há dois anos quando atravessava a estrada. O condutor vinha distraído a falar ao telemóvel. Esteve internada no Hospital de São José, em Lisboa, com vários hematomas. Quando teve alta a senhora, que mora no bairro há mais de 50 anos, colocou mãos à obra e entregou à Câmara Municipal de Benavente um abaixo-assinado reivindicando medidas, com o apoio de moradores do bairro e amigos.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1355
    13-06-2018
    Capa Médio Tejo