Sociedade | 24-01-2017 00:02

Oposição trava novo hospital privado em Santarém

Pedido de informação prévia para viabilidade de construção chumbado por PS e CDU que alegam incompatibilidades com o PDM.

A oposição socialista e comunista na Câmara Municipal de Santarém chumbou esta segunda-feira, 23 de Janeiro, o pedido de informação prévia para viabilidade de construção de um hospital privado na Quinta do Caramona, na zona das Ómnias, nos arredores da cidade. Os votos contra dos quatro vereadores do PS e do vereador da CDU - que juntos têm maioria no executivo, pois o PSD só tem quatro eleitos - impedem assim que o processo burocrático com vista à empreitada possa para já prosseguir.

A proposta do grupo Fidelidade Property Europe previa a construção de uma unidade de saúde num terreno próximo do local onde começou a ser construído um hotel no início da década de 1990, que ficou a meio e acabou entretanto por ser demolido em Novembro de 2013. Tanto o PS como a CDU manifestaram dúvidas quanto à compatibilidade da proposta com o Plano Director Municipal (PDM) para sustentarem o seu voto contra.

“Não estamos contra o desenvolvimento do projecto, mas as regras vigentes no PDM são claras”, afirmou o vereador Celso Braz (PS), referindo que aquela área se destina a equipamentos ligados ao turismo e dizendo esperar que na revisão do PDM se acautele essa questão de modo a que se possa mais tarde viabilizar este projecto. Francisco Madeira Lopes (CDU) também levantou dúvidas de que aquela seja a melhor localização.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo