uma parceria com o Jornal Expresso
26/05/2017
30 anos do jornal o Mirante
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
Sociedade | 07-02-2017 18:31
OGMA com novo hangar de pintura amigo do ambiente
ALVERCA DO RIBATEJO
Inauguração do equipamento em Alverca contou com a presença do primeiro-ministro António Costa.

A OGMA - Indústria Aeronáutica de Portugal, sediada em Alverca do Ribatejo, inaugurou esta terça-feira, 7 de Fevereiro, um novo hangar de pintura de aeronaves. O espaço, avaliado em 10 milhões de euros, está equipado com materiais que respeitam todas as normas ambientais e de higiene.

O hangar ocupa um espaço de 4 mil metros quadrados. É composto por duas cabines onde podem receber simultaneamente aeronaves de médio e pequeno porte, além de outras cabines para pintura de componentes. Há um controlo do tamanho das partículas no ar insuflado e recolha automática dos resíduos resultantes do processo de lavagem, tratamento de superfície e de pintura química das aeronaves e a sua correcta separação. A iluminação faz-se através de lâmpadas LED.

A inauguração contou com a presença do primeiro-ministro António Costa, que lembrou os benefícios do investimento estrangeiro no país e as novas oportunidades que este hangar pode trazer ao cluster aeronáutico de Alverca .

"Há uns meses assistimos em Alverca à primeira aterragem na Europa do novo KC-390, fruto da parceria entre a Embraer (Brasil) e o Estado Português. Mas não ficámos por ai. Hoje assistimos a um novo investimento através desta nova cabine de pintura. Uma cabine que permite aumentar a oferta dos serviços prestados pela OGMA e receber em Alverca novos aviões para serem pintados. Numa altura em que em várias partes do mundo se pensa em fechar fronteiras, limitar o comércio internacional e dificultar investimento externo, este é um bom exemplo onde todos saem a ganhar com fronteiras abertas, numa lógica de comércio livre", referiu António Costa.

Rodrigo Rosa, presidente do conselho de administração da OGMA, afirmou que a empresa está cada vez mais forte no mercado. "Estamos a um ano de fazermos 100 anos e procuramos consolidar a nossa imagem de excelência do sector de aeronáutica, assente na competência e talento português. A OGMA tem-se desenvolvido de forma intensiva nos últimos anos, com investimentos significativos. O empenho e competência tornaram a missão de sermos cada vez mais fortes no mercado competitivo uma realidade", indicou.

Para Paulo César de Sousa e Silva, presidente da Embraer, empresa que desde 2005 detém 65% da OGMA, este hangar eleva a empresa a nível de tecnologia, qualificação e valor. "Este investimento deixa-nos mais próximos da marca de 100 milhões de euros investidos em Alverca, nestes 12 anos de trabalho conjunto com Portugal. Queremos que este hangar contribua para os 3+ (tecnologia, qualificação e valor)", disse.

Presente na cerimónia esteve Maria da Luz Rosinha, antiga presidente da Câmara de Vila Franca de Xira e deputada do PS, o actual presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, e Fernando Paulo, vice-presidente da câmara.

Comentários
Mais Notícias
    A carregar...
    Edição Semanal
    Edição nº 1300
    25-05-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1300
    25-05-2017
    Capa Vale Tejo