Sociedade | 18-03-2017 16:08

Construção de polidesportivo no Brejo não foi boa ideia

Espaço em Alverca tem estado constantemente vandalizado e abandonado.

Os moradores do Brejo, em Alverca, já perderam a esperança de ver o polidesportivo do seu bairro requalificado convenientemente e a funcionar em pleno. Tudo porque, ano após ano, a estrutura é vandalizada e votada ao abandono. Em algumas fases do ano a erva cresce de tal forma no seu interior sem controlo que mesmo que algum atleta quisesse usar o espaço isso seria impossível.

"Este polidesportivo foi um tiro no pé. Nunca serviu para nada senão para criar aqui mau ambiente. Mais valia acabarem com ele", queixa-se Fernando Nunes, morador da zona a O MIRANTE. Mas não é o único. Vários moradores têm-se queixado do estado de abandono daquele recinto desportivo e na última semana Helena de Jesus, vereadora da Coligação Novo Rumo na Câmara de Vila Franca de Xira, quis saber o que a autarquia tem pensado para aquele equipamento, que considerou estar "inutilizável" por causa do mato e das ervas.

"A câmara devia olhar para aquela estrutura e ver nela uma mais-valia para a cidade", defendeu.

Na resposta, o presidente do município, Alberto Mesquita (PS), também ele um morador na cidade de Alverca, reconheceu que o polidesportivo não está em boas condições e precisa de obras.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Dançarinas ribatejanas entre as melhores da Europa
    Foto do Dia
    As atletas do Coreo Dance Project, de Benavente, e da ODAC - Oficina de Artes de Coruche alcançaram o quarto lugar na grande final europeia de dança, realizada no Palácio de Congressos de Paris. As atletas têm entre os 7 e os 24 anos e para a responsável do grupo, Marta Salsinha, foi “uma experiência incrível” poder competir com os maiores e melhores bailarinos e coreógrafos da Europa. Uma prestação que deixa orgulhosos os atletas mas também as localidades de Benavente e Coruche. Na comitiva, além dos 25 bailarinos, seguiram também pais e amigos dos atletas. Entretanto, Marta Salsinha está entre os oito nomeados para a categoria de melhor coreógrafo de estilo livre e contemporâneo de 2017, nos Prémios Internacionais Duende que distinguem o que de melhor se faz na dança em Portugal, Espanha, Gibraltar e França.
    Foto do Dia | 24-09-2017

    Edição Semanal

    Edição nº 1317
    21-09-2017
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1317
    20-09-2017
    Capa Médio Tejo