Sociedade | 28-03-2017 20:00

Anabela Freitas novamente multada por não responder a tempo a munícipe

Anabela Freitas novamente multada por não responder a tempo a munícipe

Presidente da Câmara de Tomar vai ter de pagar do seu bolso 7.200 euros.

A presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas (PS), foi novamente condenada pelo Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria ao pagamento de uma multa, desta vez no valor de 7.200 euros, por não ter respondido, em tempo útil, ao requerimento de um munícipe. Curiosamente, trata-se do mesmo cidadão que desencadeou o processo que motivou há dois meses a primeira multa responsabilizando a autarca de Tomar, enquanto detentora de cargo público, a título de litigância de má fé.

Anabela Freitas levou o assunto à reunião pública de câmara de dia 27 de Março admitindo "ser verdade" as notícias publicadas nos órgãos de comunicação social nabantinos.

Em causa está uma ordem de demolição, dada pela Câmara de Tomar, de parte da casa de um vizinho do munícipe que desencadeou o processo originário da multa. Contra essa demolição, "o vizinho colocou uma acção em tribunal que tem efeitos suspensivos. A câmara não pode demolir enquanto o tribunal não decidir", explica a O MIRANTE Anabela Freitas.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Vale Tejo