Sociedade | 25-06-2017 12:45

Centenas no adeus emocionado à mãe e filhas que morreram no incêndio de Pedrógão

Centenas no adeus emocionado à mãe e filhas que morreram no incêndio de Pedrógão

Funeral realizou-se este sábado na Póvoa de Santa Iria, onde Susana, Joana e Margarida viviam.

Centenas de pessoas reuniram-se na tarde desta sexta-feira, 23 de Junho, e na manhã de sábado, 24, para o velório e o funeral de Susana Pinhal e das filhas, Joana, de 15 anos, e Margarida, de 12, três das vítimas do incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande, na semana passada, e que matou 64 pessoas.

O velório realizou-se no pavilhão da Escola D. Martinho Vaz de Castelo Branco, onde Joana estudava no 9º ano e Margarida no 7º. Nuno Caroça, presidente da Assembleia de Freguesia da Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa, explicou que a decisão de realizar ali o velório se deveu ao facto “de não termos outro espaço tão grande disponível para algo assim. Precisava de ser aqui”.

A dimensão do pavilhão permitiu que familiares, amigos, colegas de escola e de trabalho e conhecidos de Susana, Joana e Margarida se pudessem reunir para lhes prestar uma última homenagem. Também estiveram presentes as entidades locais que não deixaram de oferecer os pêsames a Mário Pinhal, o marido e pai das vítimas.

*Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo