Sociedade | 07-07-2017 14:00

Últimos quatro anos de Afonso Costa em Alverca foram “oportunidade perdida”

Oposição na assembleia de freguesia fez balanço fraco da actuação do autarca

Os últimos quatro anos da gestão de Afonso Costa (PS) na União de Freguesias de Alverca e Sobralinho, concelho de Vila Franca de Xira, foram uma “oportunidade perdida”, consideraram alguns elementos da oposição na última assembleia de freguesia.


Carlos Gonçalves, da CDU, diz mesmo que o estado actual de Alverca é “constrangedor” e que a gestão da freguesia se tem pautado por uma navegação à vista que resultou numa embarcação à deriva. “Não conseguimos esconder o desalento de quem passou por este cargo, alertou e chamou a atenção para as coisas que era preciso melhorar e vemos que tudo caiu em saco roto e ficou na mesma. Lamentamos que o nosso esforço de reivindicar o melhor para a nossa freguesia não tenha sido aproveitado”, condenou.

A CDU lamentou também o estado continuado de passeios degradados e com falta de limpeza e desmatação urbana, falta de estacionamento, abandono de jardins e praças e a desvalorização de parques infantis. “Um excesso de baratas, rato e lixo nas ruas é o que fica desta gestão”, lamentou Carlos Gonçalves.

* Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Vale Tejo