Sociedade | 27-08-2017 13:13

Duas centenas de pessoas nas piscinas e ninguém deu pelo afogamento de Bruno Duarte

Duas centenas de pessoas nas piscinas e ninguém deu pelo afogamento de Bruno Duarte

Bruno Duarte estava sentado na borda do tanque e suspeita-se que tenha tido ataque cardíaco.

Bruno Duarte tinha 21 anos, era residente na Quinta do Mocho, em Sacavém, e foi a sepultar na manhã de 19 de Agosto. A morte ocorreu a 14 de Agosto (ver noticia da edição nº 1312 de O MIRANTE). “Segundo o que se apurou, ele não deu nas vistas durante o afogamento.

Normalmente quando alguém se está a afogar ou está aflita chama por ajuda, chapinha na água ou tenta alertar as outras pessoasmas ninguém se apercebeu de nada”, explicou fonte da PSP. A causa mais provável da morte terá sido um ataque cardíaco que o fez cair dentro de água mas aguarda-se ainda os resultados da autópsia.

Reportagem completa na edição semanal de O MIRANTE AQUI

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo