Sociedade | 23-09-2017 10:08

Continuam queixas contra poluição na ribeira da Boa Água

Continuam queixas contra poluição na ribeira da Boa Água
TORRES NOVAS
Munícipes foram à reunião de câmara queixarem-se da situação

Munícipe foi à reunião de câmara em Torres Novas denunciar os maus cheiros que afectam a zona onde vive e pedir soluções aos políticos.

Maria Luísa, moradora em Carreiro da Areia, concelho de Torres Novas, foi à reunião de câmara queixar-se mais uma vez dos "cheiros horrorosos" que afectam a sua vida quotidiana, devido à poluição na ribeira da Boa Água, que corre nas proximidades da sua habitação.

A municípe lamentou que o problema da poluição persista naquele curso de água, sem que as autoridades actuem para resolver a situação. Maria Luísa acrescentou que não pode abrir as janelas, usufruir do espaço exterior à casa, nem sequer receber a família por causa do cheiro "nauseabundo" que se sente. A moradora disse mesmo que se o problema se arrastar terá de deixar a casa e tudo o que possui no espaço envolvente.

O presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, informou que no dia 4 de Setembro falou por telefone com o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, e este lhe garantiu que estava para muito breve uma acção conjunta de vários técnicos ambientais, no sentido de começar a intervir na resolução do problema.

* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo