Sociedade | 28-09-2017 14:02

Mais acidentes e mais mortos nas estradas do distrito

Mais acidentes e mais mortos nas estradas do distrito

Já morreram 36 pessoas nas estradas do distrito de Santarém, mais 16 que em 2016.

Mais acidentes, mais feridos graves e mais mortes. É este o retrato da sinistralidade rodoviária no distrito de Santarém desde o início do ano até 21 de Setembro, em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), já morreram 36 pessoas nas estradas do distrito, mais 16 que em 2016.

Santarém é assim o terceiro distrito do país com mais mortes nas estradas, abaixo do Porto, com 52 vítimas mortais e de Setúbal, com 40. Em relação aos feridos graves, desde 1 de Janeiro a 21 de Setembro, a contabilidade já vai em 131, quando em 2016 se registaram 99 feridos. Para estas estatísticas não entram as vítimas que morreram em viaturas de emergência médica ou internadas em hospitais.

Desde o início do ano, registaram-se no distrito de Santarém 3.677, mais 188 que em igual período do ano passado. A nível nacional, a sinistralidade rodoviária registou um aumento significativo. Ao todo, nas estradas portuguesas, morreram 320 pessoas desde o início do ano, mais 51 mortos em relação ao ano passado.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo