Sociedade | 14-11-2017 00:02

Prisão preventiva por violência doméstica no Carregado

Desde 2009 que o homem exerce violência física e psicológica sobre a mulher, de quem está separado desde essa altura.

Um homem com antecedentes criminais por violência doméstica foi detido em flagrante a cometer esse mesmo crime no Carregado, tendo ficado em prisão preventiva.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) refere que a detenção em flagrante ocorreu depois da vítima, uma mulher, de 36 anos, já referenciada desde 2009, ter activado o serviço de teleassistência a vítimas de violência doméstica.

Os militares da GNR surpreenderam o suspeito, de 53 anos, à porta de casa da vítima, a ameaçá-la a ela e aos três filhos, tendo na sua posse diversas armas brancas e uma de fogo. Desde 2009 que o homem exerce violência física e psicológica sobre a mulher, de quem está separado desde essa altura.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Vale Tejo