Sociedade | 27-12-2017 12:17

“Corações Maiores” confortam vítimas dos incêndios

“Corações Maiores” confortam vítimas dos incêndios

Grupo solidário de Abrantes já ajudou mais de setenta famílias afectadas.

O grupo solidário “Corações Maiores”, de Abrantes, já ajudou mais de setenta famílias afectadas pelos incêndios que assolaram o país no Verão. Em Mação, onde ardeu quase 90 por cento do concelho, foram ajudadas 33 famílias com cabazes alimentares, vestuário, roupas de cama e pequenos electrodomésticos, para além do acompanhamento que os voluntários têm feito para resolver alguns casos pontuais ao longo dos últimos meses.


No dia 22 de Dezembro a equipa rumou a Pedrógão Grande para confortar um pouco o Natal de quem perdeu tudo, ou quase tudo, no incêndio que assolou o concelho. A equipa solidária já tinha estado neste território a 29 de Junho e a 3 de Agosto. Desta vez foram acompanhados por elementos da Junta de Freguesia do Tramagal e de elementos do Exército que ajudaram a transportar os bens.


A equipa ajudou 115 pessoas de 37 famílias. Foram entregues a cada família cabazes alimentares e bebidas. Os voluntários entregaram ainda vestuário, roupas de cama, produtos de higiene, pequenos electrodomésticos (sobretudo aquecedores), brinquedos e livros às crianças. A equipa esteve 15 horas no terreno e visitou 24 localidades. “Cansados mas com a sensação de mais uma missão cumprida”, contam as representantes do grupo, Cláudia Olhicas e Sónia Cristina Carvalho.


A equipa de voluntários teve oportunidade ainda de falar com os bombeiros que sobreviveram à tragédia do dia 17 de Junho de 2017. Filipa Rodrigues, de 24 anos, Fernando Tomé, 48 anos e Rui Rosinha, 40 anos, que seguiam numa das viaturas dos bombeiros em missão de socorro.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1333
    11-01-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1333
    11-01-2018
    Capa Médio Tejo