Sociedade | 31-12-2017 10:41

Bairro do Flecheiro já perdeu um terço dos habitantes

Garantia foi dada pelo vice-presidente da Câmara de Tomar.

Um terço das pessoas que viviam no bairro de barracas do Flecheiro, à entrada de Tomar, já saíram do local e vão continuar a sair até não viver lá ninguém. A garantia foi dada pelo vice-presidente da Câmara de Tomar, Hugo Cristóvão (PS), durante a discussão e aprovação do orçamento e das Grandes Opções do Plano (GOP) do município para 2018.

Hugo Cristóvão esclareceu os vereadores da oposição explicando que quando for feita a reabilitação da Avenida D. Nuno Álvares Pereira, que, à semelhança do que vai acontecer com a Praceta Raul Lopes, só vai acontecer depois da Festa dos Tabuleiros, em 2019, o bairro do Flecheiro “já vai estar muito diferente”.

A presidente da câmara, Anabela Freitas (PS), referiu que existem 350 mil euros previstos em orçamento para um projecto específico de realojamento da comunidade do Flecheiro e já com procedimento de contratação. “O realojamento social vai ter três soluções: novas tipologias, reabilitação de imóveis e reconversão de antigas escolas primárias em habitação”, explicou.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo