Sociedade | 26-01-2018 10:06

Mais de 2.500 crianças abrem Carnaval em Santarém sob o lema do Património Cultural

Mais de 2.500 crianças abrem Carnaval em Santarém sob o lema do Património Cultural

Programa do Carnaval conta ainda com a participação de 14 associações e colectividades de 12 das 18 freguesias, nos corsos agendados para sábado à noite e terça-feira à tarde.

Um desfile com a participação de 2.555 crianças vai abrir, na manhã do dia 09 de Fevereiro, as celebrações do Carnaval em Santarém, que este ano decorrem sob o lema “Património Cultural”, anunciou o município.

Inês Barroso, vereadora da Câmara Municipal de Santarém com o pelouro da Educação e da Cultura, afirmou hoje, em conferência de imprensa, que o município reforçou os apoios a uma iniciativa que pretende que seja “agregadora de esforços”, ao envolver muitas das associações do concelho, e para a qual afectou cerca de 35.000 euros.

O programa do Carnaval em Santarém conta, além do envolvimento de todos os jardins-de-infância e escolas do primeiro ciclo do concelho no desfile de abertura, com a participação de 14 associações e colectividades de 12 das 18 freguesias, nos corsos agendados para sábado à noite e terça-feira à tarde, e ainda com mais de 500 utentes de instituições, centros de dia e lares, no “baile interinstitucional” que se realizará no dia 09 à tarde, salientou.

Este ano o evento incluirá uma iniciativa para as famílias, um “concurso de máscaras para crianças” que se vai realizar no sábado dia 10 à tarde e que o município quer que seja um momento de “convívio e confraternização”.

Para o desfile nocturno de sábado, que se vai realizar no “sambódromo” que o município voltará este ano a criar no bairro de S. Bento, em antecipação do corso de terça-feira à tarde (a decorrer no mesmo local), foi pedido aos grupos participantes que coloquem iluminação nos carros alegóricos.

Inês Barroso afirmou que o aumento da ajuda financeira às associações visa uma “maior qualidade dos trajes e enfeites dos carros alegóricos”, sendo que as associações que participem com grupos e carros alegóricos nos dois desfiles receberão 800 euros (500 para as que participem só num dos dias) e as que não tenham carro alegórico receberão 200 euros (100 se participarem só num dos dias).

No corso de terça-feira de Carnaval haverá prémios para os melhores carros alegóricos (900 euros para o primeiro prémio, 600 para o segundo e 300 para o terceiro).

O investimento inclui ainda uma verba de quatro euros por criança participante para ajuda à aquisição dos materiais pelas escolas, o transporte e a alimentação dos alunos que não frequentam as escolas da cidade.

O programa volta a incluir uma “caminhada carnavalesca” (dia 12 à noite), em parceria com os Night Runners, sendo que, este ano, o dia de domingo é preenchido com as actividades tradicionalmente realizadas nas freguesias rurais do concelho, adiantou.

Ao contrário do que aconteceu em 2017, este ano não será instalada uma tenda gigante na antiga Escola Prática de Cavalaria, “para não criar concorrência às iniciativas promovidas por privados”, disse a vereadora.

Inês Barroso afirmou que o tema escolhido para o Carnaval de Santarém se inspirou no Ano Europeu do Património Cultural, instituído pela Comissão Europeia para 2018 com o objectivo de promover a diversidade cultural, o diálogo intercultural e a coesão social, prevendo uma “enorme criatividade” e diversidade de temas nas escolhas dos participantes e das associações.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1338
    14-02-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1338
    14-02-2018
    Capa Médio Tejo