Sociedade | 15-02-2018 13:46

MovAlmeirim tratada abaixo de cão pela Águas do Ribatejo

MovAlmeirim tratada abaixo de cão pela Águas do Ribatejo
Director geral da Águas do Ribatejo, Moura de Campos

Presidente da associação comercial critica actuação do director geral da empresa intermunicipal, Moura de Campos.

A Associação Comercial e Empresarial do Concelho de Almeirim – MovAlmeirim andou dois anos para conseguir uma reunião com os responsáveis da Águas do Ribatejo e quando esta foi marcada fizeram os dirigentes esperar mais de uma hora e meia. Resultado: os representantes dos comerciantes abandonaram a sede da empresa intermunicipal de capitais unicamente públicos por não terem sido tratados com a mínima dignidade.

A presidente da MovAlmeirim, Helena Fidalgo, refere que ninguém lhe deu qualquer explicação sobre as razões de tal espera, criticando a actuação do director geral da Águas do Ribatejo, Moura de Campos.

Questionado por O MIRANTE, Moura de Campos limita-se a dizer que a reunião estava agendada com o conselho de administração da empresa, “não tendo sido possível a mesma realizar-se devido ao facto de a reunião do conselho se ter prolongado para além do período habitual”.

Helena Fidalgo diz que foram desrespeitados 150 comerciantes e empresários que são representados pela MovAlmeirim, que há muito tentam uma solução para as tarifas de água e taxas associadas que sejam mais favoráveis.

* MAIS PORMENORES NA EDIÇÃO SEMANAL DESTA QUINTA-FEIRA

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1338
    14-02-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1338
    14-02-2018
    Capa Médio Tejo