Sociedade | 23-02-2018 18:07

Alcanena vai integrar 32 trabalhadores precários

Contratação de precários vai pôr fim a alguns concursos que a câmara tinha a decorrer.

A Câmara Municipal de Alcanena vai regularizar a situação de 32 colaboradores precários que trabalham, ou já trabalharam, para a autarquia. A proposta, aprovada por unanimidade na reunião do executivo de 19 de Fevereiro, segue o programa de regularização de vínculos precários.

A presidente do município, Fernanda Asseiceira (PS), fez um enquadramento da redução de pessoal nos últimos dez anos e destacou que o actual programa de regularização de vínculos precários permite contratar de forma mais rápida. A autarquia pretende assim enquadrar nos serviços municipais trinta e duas pessoas. Dois técnicos superiores, cinco assistentes técnicos e vinte e cinco assistentes operacionais.

Os assistentes operacionais vão suprir as necessidades nos vários serviços municipais. Os assistentes técnicos vão ficar afectos aos departamentos de contabilidade, área social e segurança e higiene no trabalho. Em relação aos técnicos superiores, um vai para o gabinete de arquitectura e outro para o Cine-Teatro São Pedro.

A contratação de precários vai pôr fim a alguns concursos que a câmara tinha a decorrer.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo